Follow by Email

sexta-feira, 18 de março de 2011

Ação educativa do Patrimônio Imaterial de Batatais

OFICINA DE CARNAVAL 2011

Oficina na Acadêmicos do Samba

Mais uma edição da Oficina de Carnaval promovida pelo Museu Histórico e Pedagógico Dr. Washington Luis em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura, ocorreu em 2011 com o tema: Máscaras de Carnaval

 Estagiária do Museu, Isabel Cristina, explicando a técnica para o pessoal da Unidos do Morro
Ao chegarmos nos barracões das escolas de samba, primeiramente fazíamos uma explicação sobre a origem das máscaras na história da humanidade.
1- As máscaras dos povo indígenas e africanos usadas para obter poder ou representar uma entidade
2- As máscaras gregas usadas em peças teatrais para representar personagens ou emoções
3- As máscaras mortuárias dos egípcios para garantir a eternidade
4- As máscaras deVeneza e as proibições no século XVIII
5- As máscaras de Carnaval



A segunda parte da oficina, foi explicar a técnica de papel marchè usando jornal recortado, cola de farinha e moldes de máscara feitos em embalagem longa vida.
As máscaras eram feitas no primeiro dia e deixadas para serem decoradas no segundo dia, quando estivessem bem secas.


E depois foi só deixar cada um soltar a sua imaginação, criar seu personagem para este carnaval e montar sua máscara com o material disponilibizado como sobras das escolas de samba.

catando relíquias na lixeira do barracão



E como toda vez que se fala em carnaval é preciso festejar, a inauguração da exposição na Estação Cultura de Batatais, promovida pela Secretaria de Educação e Cultura juntamente com a Associação Estação Cultural, contou com a participação de todas as escolas, da União das Escolas de Samba de Batatais, do Núcleo de Aprendizagem Princesa Isabel (NUAPI), da Bailação e familiares de sambistas homenageados. 

Após a abertura da exposição, as escolas e instituições sociais que foram prestigiar a exposição também puderam participar da oficina de confecção de máscaras na própria Estação Cultura, onde o museu está localizado.


Oficina de máscaras com EVA para as escolas que visitaram a exposição


Fotografias de Eveline Bergamini Rodrigues e
Alessandra Batazar

Um comentário:

  1. Educação patrimonial - esse é o caminho para viabilizar políticas de preservação do patrimônio. Ótima iniciativa. Parabens.

    ResponderExcluir