Follow by Email

sábado, 10 de outubro de 2015

Incêndio destrói prédio do antigo Hotel Comércio, em Santo Ângelo.

TRABALHO DE TÉCNICAS RETROSPECTIVAS

Breno Teixeira



Incêndio destrói prédio do antigo Hotel Comércio, em Santo Ângelo
Um incêndio se rompeu no início da tarde desta quinta-feira (03), em Santo Ângelo, quando o prédio do antigo Hotel Comércio foi atingido pelo fogo. O prédio histórico está localizado na Avenida Brasil entre as quadras da Avenida Venâncio Aires e marechal Floriano, ao lado da Praça do Brique.
Imediatamente viaturas e caminhões da Guarnição do Corpo de Bombeiros, Brigada Militar se deslocaram para o local do incêndio.


A movimentação é intensa no local, principalmente de empresários com lojas localizadas ao lado do prédio sinistrado. Os donos das empresas e funcionários tentavam salvar o que podiam.
Análise Patológica
            É evidente que a causa principal das patologias que serão identificadas a seguir foio incêndio, que atingiu principalmente o telhado, mas também teve pequenos focos em cômodos interiores. Uma patologia que surgiu devido às chamas seria na estrutura do telhado, com o fogo, parte da estrutura de madeira cedeu e com isso as telhas caíram comprometendo toda a estrutura da cobertura. Outra patologia presente após o incêndio seria na pintura das paredes, que com o calor e o fogo, a tinta ficou destruída e manchada, também afetou o piso, deixando-o queimado, empenado e precisando de reparos.
            Mas analisando as fotos da fachada, nota-se que o estado de conservação já era precário mesmo antes do incêndio. Percebem-se patologias na pintura da fachada, como descascamentos, buracos na pintura onde a parede aparece crua e manchas escuras. O madeiramento das portas e janelas também apresentam problemas de pintura descascando, além de madeiras empinadas e quebradas e também vidros quebrados. Os detalhes em gesso que foram feitos em cima das portas, janelas e na parte superior, também apresentam patologias, faltando alguns pedaços que quebraram, pintura descascando e manchas.

Soluções
            Primeiramente deve-se analisar até que ponto a estrutura foi comprometida no prédio todo, pois o fogo pode ter danificado os pilares e vigas. Após conseguir um diagnóstico do dano total à estrutura, devem-se fazer os reparos e reforços necessários para que se tenha segurança. Depois o telhado deve ser refeito do zero devido as grandes extensões dos danos causados pelo incêndio, buscando usar materiais idênticos ou réplicas, tanto no madeiramento, quanto nas telhas, para que o edifício não perca sua identidade histórica. As paredes devem ser repintadas após analise da cor e tipo que foi utilizado originalmente, buscando chegar o mais próximo possível do original. O piso deve passar pelo mesmo processo de substituição do danificado por um novo que respeite o original.
            Na fachada do edifício, as patologias também devem ser restauradas. A pintura deve ser retirada e ser pintado novamente, com a mesma cor e tipo da pintura original. O mesmo vale para os detalhes de gesso que estão deteriorados, deve-se reparar as partes que estão quebradas, mantendo o estilo uniforme, com todos os detalhes, ser pintado novamente com a mesma cor original. As portas e janelas devem ter um tratamento de reparação, desempenando e substituindo as madeiras, repintura com cor original e substituir os vidros quebrados.

Fonte: http://radiocidadesa.com.br/index.php?module=news&action=detail&id=3981



Nenhum comentário:

Postar um comentário